Inbound Commerce: será que vale a pena adotá-lo na sua empresa?

Inbound Commerce: será que vale a pena adotá-lo na sua empresa?

Hoje em dia o comércio online já é parte do roteiro de compras das pessoas. Obviamente, a compra online funciona de maneira bem diferente da presencial. Para atender à necessidade de compreender o ambiente de vendas no espaço virtual, o inbound commerce é uma ótima estratégia.

Investir em vendas online é um negócio cada vez mais lucrativo, principalmente se você adotar as ferramentas corretas. Neste post, nós, da Vanguarda Comunicação, vamos mostrar para você como essa metodologia pode fazer você fechar ótimos negócios na sua loja virtual. Vamos começar?

Inbound commerce: uma ferramenta poderosa

O inbound commerce é uma adaptação do inbound marketing para lojas virtuais. Na verdade, trata-se do mesmo conceito mas com abordagens diferentes nas estratégias. Nesse caso, a metodologia inbound é aplicada para o comércio eletrônico.

Atração, conversão e fidelização

Essas são as três fases que fazem parte da técnica do inbound commerce. Elas são aplicadas de acordo com o nível de maturidade do visitante/lead. Vamos entender melhor?

Atração: utilizada para atrair tráfego para a sua loja virtual.

Na prática… você pode investir em conteúdos que possam agregar valor ao produto (blogpost, infográfico, webinar, etc.), em redes sociais e em otimização de SEO.

Conversão: aqui, a conversão tem um significado diferente. Na maioria dos casos, ela representa a venda. Logo, as ferramentas disponíveis serão utilizadas com o objetivo de fechar negócio.

Na prática… os visitantes serão convertidos em clientes por meio de CTAs, landing pages, formulários e e-mail marketing.

Fidelização: após fechar a compra, esse é o momento em que você vai incentivar o cliente a indicar a sua loja virtual para outros.

Na prática… você vai utilizar ferramentas como e-mail marketing e automação, mídias sociais e blog para manter o relacionamento com o cliente e oferecer produtos relacionados ao que ele já comprou.

O processo de compra

O processo pelo qual os clientes do inbound commerce passam é igual ao do inbound marketing. Nesse sentido, é preciso criar estratégias diversificadas para serem utilizadas nas etapas de:

– Aprendizado e descoberta;

– Reconhecimento do problema;

– Consideração da solução;

– Decisão.

As principais estratégias para o inbound commerce

Pode ser que você já conheça algumas ferramentas que fazem que o inbound commerce atinja os objetivos desejados, no entanto, é preciso lembrar que o conteúdo e direcionamento delas devem ser voltadas para o comércio eletrônico. Nós vamos mostrar as principais delas agora. Olha só:

E-mail marketing: valiosa ferramenta de conversão. Você pode criar relacionamento com o cliente através deste meio e utilizá-lo para fidelizar o consumidor.

Landing pages: use as landing pages para instigar a conversão no inbound commerce. Não coloque todas as informações na página para que isso possa incentivar o visitante a apertar o botão e converter.

Descontos: assim como no comércio físico, os descontos são grandes atrativos nas lojas virtuais. Faça o visitante preencher o formulário para que ele possa garantir a oferta.

Blog post: pode ser bastante utilizado no pós-venda ao gerar conteúdos que mostrem como utilizar o produto e suas vantagens. Essa é uma oportunidade de relacionar outros itens que podem combinar com o que a pessoa comprou.

Como você viu, a conversão é a fase mais importante para a empresa no inbound commerce, afinal, é naquele momento que acontece a venda. Nós escrevemos um post com 5 estratégias indispensáveis para gerar mais leads e oportunidades. Para acessar o conteúdo basta clicar aqui.

There are no comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart